Quarta, 26 Mai 2021 05:00

“Passe Livre Atleta”

Escrito por 
Avalie este item
(0 votos)
“Passe Livre Atleta” Carol Siqueira/Secom Câmara

A vereadora Michelly Alencar (DEM) apresentou projeto que garante passe livre no transporte público municipal para atletas e paratletas de Cuiabá. O objetivo é fomentar a prática esportiva, principalmente para crianças e adolescentes de baixa renda, influenciando o desenvolvimento do esporte profissional na capital.

Conforme o projeto, o “Passe Livre Atleta” abrange todas as modalidades esportivas registrados em suas respectivas associações ou federações, estendendo a garantia aos acompanhantes de menores de 14 anos e ao acompanhante responsável pelos cuidados do paratleta.

Para a vereadora,  o esporte é um fator de inclusão social e o projeto estimula aqueles que têm poucas condições financeiras a continuar com seus treinamentos e a participar de competições.

A parlamentar convidou o atleta olímpico Vicente Lenilson para participar da Tribuna Livre da Câmara e contar sobre sua história de vida e como o esporte foi um instrumento de transformação.

“Antes de praticar o esporte, existiam duas portas na minha frente: a porta ruim e a porta do esporte. O meu professor de educação física me ajudou a entrar na porta do esporte, nunca conheci o outro lado. Assim como o esporte mudou a minha vida, pode mudar a de muitos atletas de Cuiabá”, disse.

Desde 2014 o Instituto Vicente Lenílson atende mais de 100 jovens atletas sem contar com o apoio do Poder Público. Para ele, o projeto Passe Livre Atleta já é uma oportunidade para incentivar a permanência dos alunos em suas atividades. Ele ainda citou exemplo da cidade de Presidente Prudente, onde esse incentivo foi criado e fomentou a participação de jovens no esporte.

Tendo o desenvolvimento do esporte como uma das bandeiras de mandato, a vereadora pediu a sensibilização dos colegas para defesa desse projeto. Como se trata de uma proposta que altera o orçamento do Executivo, ela apresentou um anteprojeto de lei à Prefeitura.

“Quando era repórter de esporte contei e acompanhei muitas histórias de jovens que não tinham dinheiro para sair da escola, irem para a casa e depois irem para o treino, ficavam na rua, sem conforto. Muitos desistiram. Quantos talentos não perdemos? Então peço a sensibilização da Prefeitura e de todos os vereadores para este projeto. Quando falamos de esporte, falamos de educação e transformação de vidas”, defendeu a vereadora.

 

Ler 14 vezes