Domingo, 20 Junho 2021 05:00

Um resgate histórico do futebol cuiabano

Um resgate histórico do futebol cuiabano Foto: Divulgação

Em um lançamento ao ar livre, o autor José Augusto Tenuta apresenta os volumes 1 e 2 de “Cuyabá: um show de bola”, livros da Coleção História do Futebol Cuiabano, publicados pela Entrelinhas Editora em 2020 e que aguardam há oito meses a sua disponibilização ao público. A nova data de lançamento está marcada para o próximo dia 22, nos jardins do Sesc Arsenal, observando todas as recomendações de prevenção da Covid 19, a partir das 19 horas. “É uma trilogia dos acontecimentos do esporte em Cuiabá. É um resgate histórico do futebol cuiabano que vale a pena chegar ao conhecimento dos amantes do esporte em Mato Grosso”, pontua Tenuta.

O autor passou horas infindáveis debruçado na leitura de jornais antigos, livros e depoimentos de dezenas de pessoas que vivenciaram o futebol em Cuiabá e Mato Grosso, entre eles jogadores, dirigentes, técnicos, jornalistas esportivos e torcedores de diferentes décadas. Como resultado, apresenta sua grande contribuição para o resgate da história esportiva e cultural de Cuiabá e Mato Grosso.

“Agradeço ao deputado Allan Kardec por ter apoiado a publicação destes dois primeiros volumes com uma emenda parlamentar de sua autoria. Esta coleção resulta da contribuição de tantas pessoas, que elaborei uma enorme lista de agradecimentos na introdução dos livros,” conta José Augusto Tenuta, também autor do livro, já esgotado, Cuiabá da tchapa e da cruz: Pó dexá, é só uma michidinha no baú da nossa história. All right? – uma homenagem a Cuiabá ao registrar o cotidiano da cidade no transcorrer do século XX.

O volume 1 da coleção aborda desde as origens do futebol, as sementes do futebol em Cuiabá, a formação da Liga Cuiabana de Futebol até o primeiro estádio e as grandes obras da década de 1940.

O volume 2 da coleção aborda desde o primeiro Campeonato Estadual de Futebol, passando pela construção do Estádio Eurico Gaspar Dutra até o VI Campeonato – e o primeiro torneio de clubes campeões de Mato Grosso.

Sobre as capas dos livros que estão sendo lançados: o volume 1 registra um flagrante do que pode ser o primeiro contato com uma bola de futebol em Cuiabá, no pátio do Colégio Salesiano São Gonçalo, durante a sua construção, já que as primeiras bolas de futebol chegaram a Cuiabá pelas mãos dos Salesianos, em 1905. O volume 2 traz uma bonita foto do time do Mixto, Campeão de 1947.

Para completar, o autor conta que o terceiro volume (que narra de 1962 até 1976) está em processo final de edição e que já começou as pesquisas para escrever o quarto e último volume da sua Coleção, que abarca os anos de 1977 aos dias atuais, ainda sem previsão para finalização.

 Confira a seguir entrevista exclusiva com a diretora de Programas Sociais do Sesc-MT, Cristina Silva.

 Blog da Condessa - Promover a cultura é uma função social das entidades, do setor privado?

 Silva - Com certeza. Promover a cultura é uma função social de todas as instituições – públicas ou privadas e de cada cidadão. Somos todos responsáveis pelo desenvolvimento das pessoas e auxílio às emergências sociais que existem ou se ampliam com eventos como o que está acontecendo agora com a pandemia. O Sesc atua constantemente atendendo a clientela mais vulnerável com ações de assistência como o Mesa Brasil - Rede de banco de alimentos combate à fome e o desperdício, a partir de parcerias, e transforma a vida de crianças, jovens, adultos e idosos em todo o Brasil. Todas as ações ofertadas são eminentemente educativas e tem o objetivo de promover a melhoria na qualidade de vida de sua clientela e da população em geral.

 Blog da Condessa - A Fecomércio tem essa dinâmica social?

 Cristina Silva - Sim. A Fecomércio uni as lideranças do Comércio de Bens, Serviços e Turismo para desenvolver e apoiar o comércio e, através de seus braços sociais – Serviço Social do Comércio (Sesc) e o Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac), instituições que educam para o trabalho e oferecem serviços e atividades para o bem-estar de trabalhadores e da sociedade em geral.

 Blog da Condessa -  Qual a relevância de apoiar a Coleção História do Futebol Cuiabano?

 Cristina Silva - O Sesc atua na sociedade com atendimento integral através de seus cinco programas: Educação, Saúde, Assistência, Lazer e Cultura com ações contínuas que são desenvolvidas com o objetivo de cumprir sua missão de melhorar a qualidade de vida dos trabalhadores. Em seu programa Cultura desenvolve ações culturais que levam arte a todos os públicos e, também promove o fomento, o desenvolvimento e o apoio a ações culturais em todos os segmentos. Apoiar o lançamento de livros é de suma importância para incentivar a escrita e o desenvolvimento de novos autores ou mesmo autores já experientes, além de promover a leitura. 

 Blog da Condessa – Comente, por favor, sobre as capas dos livros.

 Cristina Silva -  O volume 1 registra um flagrante do que pode ser o primeiro contato com uma bola de futebol em Cuiabá, no pátio do Colégio Salesiano São Gonçalo, durante a sua construção, já que as primeiras bolas de futebol chegaram a Cuiabá pelas mãos dos Salesianos, em 1905. O volume 2 traz uma bonita foto do time do Mixto, Campeão de 1947.

 

 

 

Ler 286 vezes