Sexta, 24 Abril 2020 06:00

A generosidade em ação

A generosidade em ação Foto: Divulgação

A causa é nobre. O projeto ‘Máscara do Bem Cuiabá’ troca máscaras de tecido por alimentos ou cesta básica que chegará até pessoas necessitadas

Na emergência que o mundo está vivendo, a comerciante kelida Abdala Silva, formada em Serviço Social, se destaca com seu projeto ‘Máscara do Bem’. O projeto é a soma de esforços de 20 pessoas. “É uma ação entre amigos. Sem fins lucrativos, políticos ou ideológicos. Toda ajuda e recurso veio de doação espontânea de amigos e familiares que ao tomarem conhecimento da campanha simpatizaram com o nosso movimento”, disse a comerciante. 

O momento é de reflexão, de ficar em casa e de se proteger e ao próximo. Certamente todos estão ansiosos pela volta ao convívio social e às comemorações. No entanto, há pessoas que somam esforços para transformar vidas. Para elas, a solidariedade é a melhor receita para vencermos as dificuldades deste tempo.

A confecção das máscaras de proteção à covid-19 é feita por voluntárias. “A maioria são idosas que estão isoladas, de quarentena, tristes e se sentindo  entediadas”, observou Kelida.

Ela conta que a iniciativa surgiu de um telefonema da sua comadre Lucy Vieira lhe oferecendo máscara em troca de alimento. “Eu adorei a ideia e disse: eu quero e vou te ajudar. Não sei costurar, mas vou comprar matéria prima e vou divulgar para os meus contatos. Então outra amiga, Carminha Visquetti, fez  um primeiro post e eu passei a divulgar. Com dois dias eu não conseguia mais atender o telefone e nem responder as mensagens, tamanha foi a aceitação. Muita gente querendo ajudar. Uns querendo máscara, outros querendo doar matéria prima, mão de obra e assim a ação que começou pequenina foi tomando corpo. Na sequência,  convidei outra amiga, a Heloisa Guimarães para cuidar das mídias sociais e aí que viralizou mesmo”, comemora a comerciante.

Conforme Kelida, os alimentos são destinados às pessoas diretamente atingidas pela pandemia, bem como quem perdeu o emprego, vendedores ambulantes e faxineiras. “Já arrecadamos 2000 quilos de alimentos e já distribuímos mais de 120 cestas básicas”.

EMPATIA E COLABORAÇÃO

A ideia inicial era produzir mil máscaras. Agora, segundo Kelida, vai depender da demanda. “Enquanto aparecer gente querendo trocar máscara por alimento, confeccionaremos quantas forem necessárias. Até o momento mil já foram produzidas”.

Para participar basta dirigir-se a um dos pontos de troca levando 2kg de alimento não perecível para cada máscara a ser trocada.

“Temos quem fornece e entrega cesta básica (R$52,00), basta ligar no (65) 99574076 e fazer a transferência. Na sequência, ela nos entrega a cesta e nós entregamos as máscaras. Cada cesta equivalente a 10 máscaras do bem ou a uma máscara de artista. Há também um disk idoso (65 36213755) pra aqueles idosos que querem contribuir e não podem sair de casa”, informou Kelida.

Locais de troca:

Speed Label, na Rua Comendador Henrique, 1298, Bairro Dom Aquino;

Vó Ana Bolos Caseiros, na Avenida Miguel Sutil - próximo ao Big Lar;

Prevenção Total, na Avenida Miguel Sutil, 4957, Bairro Areão;

Clínica Harmonie:  Rua José Barros do Vale, 179, Bairro Goiabeiras;

Gusman Construção, na Avenida Presidente Afonso Pena, 562, Bairro Santa Helena.

 

SERVIÇO:

@Mascaradobemcuiaba

Kelida Abdala Silva – (065) 99981-0378

Máscara dos artistas = 1 cesta de 52,00
Cada máscara comum = 2kg de alimento não perecível

A cesta contém:

Arroz 5kg
Feijão 1kg
Farinha de Trigo 1kg
Sal refinado 1kg
Açúcar cristal 2kg
Café 500g
Óleo de soja 900ml
Sardinha 84g

Conta:
Banco do Brasil
AG: 4042-8 - C/C: 106.059-7
DIST. DE ALIM. RIO BRANCO
CNPJ 03.362.501/0001-06

Legenda foto: Três artistas regionais que cederam estampas para confecção de 40 máscaras de cada um deles.

Ler 900 vezes Última modificação em Quinta, 23 Abril 2020 19:23