Quarta, 24 Junho 2020 05:00

Segurança alimentar em tempos de pandemia

Segurança alimentar em tempos de pandemia Foto: Reprodução/web

Webinar reúne grandes especialistas para debater sobre os impactos da Covid-19 sobre o consumo de alimentos, embalagens e segurança alimentar

Com a pandemia, a área de alimentos e bebidas exige ainda mais segurança tanto nos restaurantes, quanto no comércio e na indústria. E para esclarecer as incertezas e mudanças provocadas pelo coronavírus no setor, a Faculdade de Tecnologia Senai Mato Grosso (Fatec Senai MT) realiza o webinar ‘Impactos da Covid-19 sobre o consumo de alimentos, embalagens e segurança alimentar’. A transmissão, ao vivo, será nesta quarta-feira (24.06), às 19h de Cuiabá. A inscrição é totalmente gratuita.  

Qual o impacto da pandemia no consumo de alimentos? O que é uma alimentação segura? Quais cuidados devemos ter com delivery? Para esclarecer essa e outras dúvidas, o webinar reunirá a doutora e cientista de alimentos da UFMT, Luciana Kimie da Silva, e a engenheira química e mestre em Processos Biotecnológicos Isabela Ferrari. A mediação será conduzida pela doutora em Agronomia e professora da Fatec Senai MT, Márcia Helena Scabora.

Desde o início da pandemia, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária  (Anvisa) publicou três notas técnicas com orientações. Uma delas, a Mº49/2020 orienta o serviço de alimentos direto ao consumidor, a entrega (delivery) e até mesmo como deve ser a retirada local (take out). De acordo com a doutora Márcia, estudos mostram que não se transmite Covid-19 por alimentos, mas é necessário ter cuidado com as embalagens no recebimento ou na retirada.

“Quando se fala em segurança alimentar nós temos duas vertentes: uma que diz respeito ao acesso e a outra à qualidade. Por isso, vamos falar do consumo de alimentos e da importância das embalagens. Houve uma mudança no padrão de consumo e de acesso a esses alimentos e, com isso, tivemos que fazer algumas adaptações. O debate será para tratar justamente dessa perspectiva do consumidor”, explica a doutora.

Ler 47 vezes