Cidades

Cidades (355)

Deputados aprovam programa em redação final para atender crianças em situação de vulnerabilidade.

Os deputados estaduais de Mato Grosso aprovaram em redação final, durante a 30ª sessão ordinária, na quarta-feira (16), o Projeto de Lei 358/2021, Mensagem governamental 61/21, que institui, no âmbito do Estado, o Programa Ser Criança. A matéria teve aprovação unânime.

O artigo primeiro cria o programa, destinado a “construir espaços de convivência onde serão prestados, no contraturno da escola, serviços socioassistenciais, socioeducativos e socioculturais para crianças em situação de vulnerabilidade e alto risco social, auxiliando-as na superação de tais fatores, a partir dos interesses, demandas e potencialidades deste público”.

Conforme o artigo 2º, o Programa Ser Criança abrange os municípios mato-grossenses com contingentes de crianças em situação de vulnerabilidade e alto risco social, e que disponham das condições para execução do mesmo nos termos do artigo 8º desta lei.

O artigo quinto prevê que o programa será executado mediante parcerias firmadas entre o governo do Estado, por intermédio da Secretaria de Estado de Assistência Social e cidadania, e as prefeituras municipais, mediante livre adesão, utilizando-se de convênios, acordos, ajustes ou outros instrumentos congêneres.

Os deputados também aprovaram, em segunda votação, o Projeto de Lei 358/2021, mensagem governamental 53/21, que altera o inciso III do art. 46, da Lei nº 11.088, de 09 de março de 2020, que “Dispõe sobre a Política Estadual de Recursos Hídricos, institui o Sistema Estadual de Recursos Hídricos”. O PL teve parecer favorável da Comissão de Meio Ambiente, Recursos Hídricos e Recursos Minerais e da Comissão de Constituição, Justiça e Redação.

Conforme o governo, a proposta objetiva limitar em 45% o recurso do FEHIDRO (fundo estadual), “quando se tratar da compensação financeira que os estados receberem em decorrência dos aproveitamentos hidroenergéticos”.

O Executivo argumenta que a limitação se faz necessária uma vez que o restante do recurso deve ser aplicado no custeio das atividades desenvolvidas no âmbito da gestão dos recursos hídricos, como exemplo, no custeio das atividades de monitoramento e fiscalização e de educação ambiental, para garantir a execução de uma gestão hídrica eficiente”. O governo ressalta ainda que essa limitação de 45% não impactará nas receitas destinadas ao Fundo Estadual de Meio Ambiente.

 

Quinta, 17 Junho 2021 05:00

Ação transformadora em prol do bem comum

Escrito por

Com arrecadação recorde, Guarda-roupa Solidário inicia entrega de mais de 20 mil peças.

Com arrecadação recorde em 2021, o Guarda-roupa Solidário, parte integrante do projeto Multiação, realizou a primeira etapa da entrega de mais de 20 mil peças de vestuário e brinquedos para 12 instituições beneficentes dos municípios de Cuiabá e Várzea Grande, que atendem centenas de famílias carentes. A cerimônia ocorreu no último dia 15, na sede da Federação das Indústrias de Mato Grosso (Fiemt) e contou com a participação de parceiros representantes das instituições.

Nesta primeira entrega, foram distribuídos mais de 13 mil itens, incluindo pares de sapato, roupas masculinas, femininas e infantil, além de brinquedos. O restante, cerca de sete mil, passa por higienização e, após triagem, será entregue às organizações nos próximos meses.

O presidente da Fiemt, Gustavo Oliveira, destacou o empenho dos parceiros e das instituições para a continuidade do projeto, que teve seu formato original alterado, por conta da pandemia do novo coronavírus. Segundo ele, o Guarda-roupa Solidário sempre foi um dos serviços mais procurados dentro do Multiação, o que demostra que as pessoas realmente precisam dessa ajuda.

“Essa doação não é nossa. Nós somos apenas os veículos que fazem com que os donativos, que as pessoas de boa vontade fazem, cheguem aos mais necessitados”, frisou Gustavo, ressaltando que a cerimônia de entrega é uma prestação de contas à sociedade que tanto colaborou.

O gerente de Soluções da TVCA, Cícero Mariano, frisou que a iniciativa precisou se reinventar, mas que segue com o mesmo objetivo. “A comunidade mais vulnerável continua precisando de assistência. As doações são tratadas com muito carinho. Seguindo os protocolos de biossegurança, os itens foram separados e higienizados, como forma de prevenção à transmissão da Covid-19, para que chegassem às mãos de quem precisa”.

Foram contempladas, em Cuiabá, a Associação São Francisco de Assis, Associação Obra Social Seara de Luz, Comunidade de Missionárias Consagradas, Grupo Fraterno Ass. Esp. Joanna de Angeles e Fundação Abrigo do Bom Jesus.

Já em Várzea Grande, receberam as peças a Associação dos Amigos dos Autistas e da Criança Deficiente do Estado de Mato Grosso (Ama MT), Fundação Espírita Rachele Steingruber, Associação Obra Social Apóstolo Mateus, 1ª Igreja Batista em Cristo Rei, Associação Caminhando Para Mais Um Sonho (Acamis), Associação De Catadores De Materiais Recicláveis e Reutilizáveis Mato Grosso Sustentável (Asmats) e Centro de Centro De Reabilitação Resgatados Por Cristo.

Empenho

A presidente da Ama MT, Helena Graziela Amaral, declarou que a ajuda veio em boa hora e que todo o empenho é em prol do bem comum. “As famílias mais humildes, mais carentes, estão sofrendo muito com toda essa situação de pandemia. Os alimentos estão com preços altos e já é difícil para comprar, imagine roupas? Além disso, temos o inverno que se aproxima, mesmo não sendo rigoroso, para nós, cuiabanos, acostumados com calor, ele judia. São mães, pais e filhos que precisam muito”, afirma.

A associação atende, de forma direta, 150 famílias, com doação de alimentos e leite para crianças, além de itens de vestuário. De forma indireta, com participação em projetos da comunidade, presta auxílio a outras 300 famílias.

À frente de uma organização atende diretamente 200 crianças no contraturno escolar, a sócia fundadora da Acamis, Maria Domingas, lembrou que as famílias mais vulneráveis continuam precisando de todo apoio e assistência. “Essas doações vão ajudar muito. Temos famílias que são compostas por 7, 8, até 10 crianças, e que não têm condições de comprar nem alimentos, muito menos roupas”, exemplificou. Na instituição, são oferecidas oficinas de música, siriri, caratê e hip hop. As famílias recebem também auxilio, como distribuição de alimentos e roupas.

Esta é a segunda vez que o projeto realiza a entrega para instituições beneficentes, como forma de dar continuidade às doações e auxiliar a população afetada pela pandemia do novo coronavírus. Em junho do ano passado, foram entregues 3 mil peças a seis instituições na capital, em Várzea Grande e Rondonópolis.

Para doar

A arrecadação para o projeto não para. As doações de roupas, calçados e brinquedos podem ser feitas em um dos diversos pontos de coleta. Em Cuiabá e Várzea Grande em todas as unidades do Serviço Social da Indústria (Sesi), Sesi Escola, Serviço Nacional da Aprendizagem Industrial (Senai) e Sistema Fiemt (Avenida Historiador Rubens de Mendonça, nº 4913, Centro Político Administrativo, além das empresas parceiras.

 

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS), através da Unidade de Vigilância em Zoonoses (UVZ), disponibiliza a vacina antirrábica para cães e gatos da Capital. A estratégia de imunização foi reestruturada por conta da pandemia de covid-19, ou seja, para evitar aglomerações nas escolas, onde geralmente ocorriam as campanhas, neste ano, a vacinação vai ocorrer de forma fixa e permanente na sede da Unidade de Vigilância em Zoonoses, que fica localizada na Avenida Mário Palma, s/n, bairro Ribeirão do Lipa, de segunda a sexta-feira, das 8h às 11h e das 13h30 às 16h30. Não é preciso fazer agendamento prévio para levar o animal.

Devem ser vacinados cães e gatos a partir de 4 meses de vida, animais prenhes e que estejam amamentando. A vacina não tem contraindicação. É aplicado 1 ml via subcutâneo independentemente do porte, idade ou espécie do pet.

Conforme preconizado pelo Ministério da Saúde, a população de cães pode variar entre 10% e 20% em relação à população humana de cada município e a população de animais a serem vacinados pode ser determinada por estimativa populacional ou pela realização do Censo Animal. Dessa forma, a meta é vacinar mais de 61,2 mil cães e 13,6 mil gatos.

A raiva é uma doença transmitida ao humano pelo contato com o vírus rábico, através da saliva do animal infectado, sendo cães e gatos os principais responsáveis pela cadeia de transmissão na área urbana. Os morcegos também representam um sério problema na saúde pública, pois mantêm em circulação o vírus rábico, sendo sua presença diretamente influenciada por intervenções ou modificações ambientais feitas pelo próprio homem. 

Entre os anos de 2007 e 2019, foram registrados quatro casos de raiva animal em Cuiabá, sendo um em 2007, em um cão; em 2008 em um morcego e dois em 2016, um cão e um morcego. 

 

 

O Governo do Estado entrega nesta quarta-feira (16.06), às 7h30, o novo Mirante do Parque Mãe Bonifácia, em Cuiabá. O monumento havia sido demolido por não oferecer segurança aos visitantes, e foi reconstruído com recursos na ordem de R$ 1.667.518,79 de compensação ambiental, aplicado pela Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema-MT).

A estrutura oferece uma plataforma de visitação com uma vista panorâmica, na altura de 12,30 metros. O diferencial é a construção com acessibilidade, já que possui um elevador que leva o turista ao topo do mirante. A plataforma foi construída em concreto armado e estrutura de aço, com uma altura total de 16,57 metros.

O Parque Mãe Bonifácia é uma das três unidades de conservação urbana sob responsabilidade da Sema-MT, localizadas em Cuiabá. A unidade está atendendo a população para a realização de trilhas e academia ao ar livre com restrições por conta das medidas de prevenção à Covid-19, como o uso obrigatório de máscaras, distanciamento, e a proibição de entrada de alimentos.

Os Parques estaduais localizados em Cuiabá abrem aos sábados e domingos das 5h às 12h, e de segunda a sexta-feira das 6h às 17h.

 

 

 

 

 

 

Podem ser doados tudo que liga na tomada, como celular, computador, televisão, rádio, bateria e todo tipo de peças em geral.

Já foi dada a largada para a 5ª edição da Campanha Local de Entrega Voluntária de Eletrônicos (LEVE), que vai até o dia 19 de junho. A campanha visa arrecadar doações de descartes de eletrônicos, principalmente aparelhos que ligam na tomada, para serem revendidos e o lucro arrecadado destinado ao Hospital de Câncer de Mato Grosso (HCanMT). A ação é uma iniciativa do HCanMT, Ecodescarte, Teoria Verde e Carvalima Transportes, tendo como realizadores todos os voluntários, grupos, instituições e empresas parceiras em mais de 20 cidades do estado.

As campanhas anteriores já ajudaram muito a instituição. Na 1º foram arrecadadas mais de nove toneladas de lixo, que renderam R$ 16.035,00 destinados para a compra de um Citoscópio. A segunda foram 30 toneladas com o valor de R$ 37.500,00 para a aquisição de um foco cirúrgico. A 3° arrecadou 22 Toneladas que rendeu R$ 27.355,00 para a compra de instrumentos cirúrgicos e 5 carrinhos de limpeza. A 4ª Campanha, junto ao Drive Thru da Reciclagem, arrecadou 56 toneladas que rendeu R$ 43.000,00 para a compra de um foco cirúrgico.

Além de apoiar o Hospital, a campanha também ajuda o meio ambiente. O descarte incorreto de resíduos eletrônicos é muito nocivo, uma vez que esses aparelhos são compostos por substâncias que possuem alto poder de contaminação do solo e das águas, como chumbo, mercúrio, cádmio e berílio. Esses lixos também demoram para se decomporem naturalmente, sendo que eles podem ser reaproveitados.

Confira os municípios que estão participando: Cuiabá, Várzea Grande, Marcelândia, Querência, Nova Olímpia, Alta Floresta, Canabrava do Norte, Brasnorte, Peixoto de Azevedo, Nova Monte Verde, Matupá, Juína, Cáceres, Nova Bandeirantes, Canarana, Juscimeira, Barra do Bugres, Porto Alegre do Norte, Vale de São Domingos, Lucas do Rio Verde e Primavera do Leste.

Mais informações: 3648-7567 / (65) 98435-0386 (HCanMT) / (65) 9910-5369 (Jean)

Confira os pontos de arrecadação em Cuiabá e VG

CUIABÁ

 Hospital de Câncer de Mato Grosso - AV. do CPA

 ECODESCARTE - Rua Miranda Reis, 151, Poção – (65) 3025-7336

 CENTRAL DE RECICLAGEM - Av. Dr Meirelles, 2231, Tijucal (acesso pela Av. das Torres) – (65) 98124-1097

 PANTANAL SHOPPING - Av. do CPA (Espaço Sustentabilidade)

 LIONS CLUBE CUIABÁ NORTE - Rua Professor João Félix, 301, Lixeira

 ASSOCIAÇÃO DOS MORADORES DO JD. DAS AMÉRICAS – Sede

 Supermercado FORT – Miguel Sutil

 Supermercado Comper – CPA 2

 VÁRZEA GRANDE

 RECICLATE - Rua Cuiabá, (Pampulha), número 3, bairro 23 de setembro – (65) 3029-5009

 MULTPAPEL - Rua Oceano Índico, Santa Isabel  - (65) 3685-2608

 Supermercado Comper - Santana, Cristo Rei e Jardim dos Estados.

                                           

 

 

 

Projetos de escolas da rede municipal valorizam aspectos culturais de Várzea Grande.

Durante todo o mês de maio, quando se comemorou o aniversário de Várzea Grande, as escolas da rede municipal de ensino realizaram várias atividades com os alunos sobre o tema, valorizando a história e cultura várzea-grandense. Uma dessas escolas é a Júlio Corrêa, localizada no bairro São Mateus, que realizou na última sexta-feira (11.06) a culminância dos trabalhos do projeto Várzea Grande “Meu Bem Querer, Terra de Todos os Povos”.

O evento contou com a presença da primeira-dama do município, a promotora de Justiça Kika Dorilêo Baracat, do secretário de Educação, Cultura, Esporte e Lazer, Silvio Fidelis, do vereador Enfermeiro Emerson, da superintendente Pedagógica, Luz Marina Coelho, e de técnicos da Secretaria.  

Conforme explicou o secretário Silvio Fidelis, durante o mês de maio as unidades de ensino da rede municipal trabalharam o tema sobre o aniversário de Várzea Grande, fazendo um resgate da história, da cultura, da gastronomia e de tudo que diz respeito à cidade. “Os professores foram orientados pela direção e coordenação pedagógica a incentivar a leitura e buscar materiais que mostrassem a história do município, evidenciando a importância da música, da dança, da gastronomia, e o resultado final desses trabalhos e de todo esse envolvimento puderam ser mostrados nas culminâncias, como está ocorrendo aqui hoje”.

A diretora da escola, Daluza Benedita de Arruda, explica que o tema foi trabalhado com os alunos em produções de textos, poesias, acrósticos e desenhos.  “O objetivo do projeto é resgatar a identidade de Várzea Grande, valorizando a nossa cultura, a nossa culinária, ou seja, as coisas tradicionais do município”.

A diretora lembrou que a escola Júlio Corrêa foi inaugurada há 23 anos, no mesmo dia do aniversário de Várzea Grande, e nada poderia ser mais especial do que fazer uma homenagem à cidade. “É muito gratificante ter a presença da primeira-dama aqui na nossa escola nesse dia. Ela veio engrandecer ainda mais o que o nosso prefeito está fazendo pela nossa cidade, que é valorizar a nossa educação, nossa cultura, esporte e lazer”.

A primeira-dama elogiou o trabalho da escola e destacou a importância de trabalhar o tema com os alunos desde cedo para que conheçam a cultura local e ela nunca seja apagada. “Parabenizo o secretário Silvio Fidelis por ter esse olhar para a cultura do município. É muito importante que as crianças e os adolescentes cresçam conhecendo e valorizando o nosso artesanato, a nossa comida, as nossas festas tradicionais, porque um povo sem cultura é um povo sem história. Fico muito feliz em perceber que desde cedo a educação municipal está valorizando todos os aspectos da cultura várzea-grandense”.

Kika Dorilêo destacou ainda que se sente feliz em ver que, mesmo nesse período de pandemia, a escola não parou e que os professores e o município se fizeram presentes na vida dos alunos. “Todos esses trabalhos demonstram que vocês foram vitoriosos e conseguiram, mesmo nesse período difícil, continuar exercendo a função de vocês que é a de educar”, ressaltou.

“Hoje, vejo aqui nessa escola, em cada detalhe e em cada trabalho aqui exposto e apresentado, que vocês fizeram isso com muito esmero e conseguiram fazer, efetivamente, com que a educação municipal não parasse e que os alunos do município continuassem sendo atendidos”, destacou a primeira-dama. 

 

Terça, 15 Junho 2021 05:00

“Casamento Abençoado”

Escrito por

Inscrições podem ser feitas até 25 de junho. A iniciativa abrange todas as religiões, pessoas com deficiências e também casais LGBTQ+

Terminam na próxima semana as inscrições para o Casamento Abençoado.  Os casais do Estado que desejarem oficializar sua união podem se inscrever até a sexta-feira (25.06). A ação, que deve reunir mais de 3 mil casais, é coordenada pela primeira-dama de Mato Grosso, Virginia Mendes, por meio da Unidade de Ações Sociais e Atenção à Família (UNAF), e execução direta da Secretaria de Estado de Assistência Social e Cidadania (Setasc). A iniciativa abrange todas as religiões, pessoas com deficiências e também casais LGBTQ+.

A secretária de Assistência Social e Cidadania (Setasc), Rosamaria Carvalho, explica que o objetivo da ação é oportunizar de forma gratuita aos casais a segurança jurídica por meio da regularização civil matrimonial, além de possibilitar o fortalecimento da união familiar. A iniciativa irá atender casais com renda total de até três salários mínimos e cadastrados no CADÚnico.

As inscrições são gratuitas e podem ser feitas de duas formas: pelo e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo., encaminhando cópia do RG e CPF junto com o Formulário de Inscrição preenchido; presencialmente, levando os documentos pessoais até a sede da Setasc, localizada no Centro Político e Administrativo; ou, ainda, na sede do Procon Estadual, localizado na Rua Baltazar Navarros, n°567, Bairro Bandeirantes. 

Outras informações sobre os pré-requisitos e documentos necessários podem ser obtidas nos sites do Governo de Mato Grosso (www.mt.gov.br) e da Setasc (www.setasc.mt.gov.br), ou pelo telefone (65) 3613-5726.

 

Segunda, 14 Junho 2021 05:00

Prova de vida pode ser feita sem sair de casa

Escrito por

Medida beneficia 36 milhões de aposentados e pensionistas.

 Beneficiários do Instituto Nacional de Seguro Social (INSS) podem realizar a prova de vida por meio dos aplicativos Meu gov.br e Meu INSS, pelo site, em caixas eletrônicos ou até por procuração.

A medida tem o objetivo de evitar aglomerações durante a pandemia. A necessidade de fazer a prova de vida foi retomada neste mês, após interrupção em março do ano passado. Durante o período, os beneficiários não deixaram de receber seus pagamentos.

O novo sistema viabiliza a prova de vida online através de tecnologia de biometria facial, desenvolvida pelo Serpro e pela Dataprev. O procedimento vai facilitar a vida de cerca 36 milhões de aposentados, pensionistas e beneficiários de programas assistenciais. Para utilizar a funcionalidade, é necessário que o usuário tenha feito a coleta de biometria para o título de eleitor, além de possuir uma conta no gov.br, o portal de serviços de governo.

Os aplicativos Meu Gov.br e Meu INSS estão disponíveis na Google Play e App Store, ou, ainda, nos ambientes web.

Prova de vida

Realizada anualmente para comprovar a existência do beneficiário e evitar fraudes, a prova de vida é exigida de todos os que recebem benefícios de seguro social por meio de conta corrente, poupança ou cartão magnético. Para não ter o pagamento suspenso, as provas já vencidas devem ser realizadas novamente até as datas limite. Segundo estimativas da autarquia, cerca de 11 milhões de pessoas se encontram em situação de pendência, o que corresponde a um terço dos beneficiários.

Caso não seja possível a realização da prova de vida por celular, a orientação do INSS é que o cidadão procure a agência bancária responsável pelo recebimento do benefício.

Alguns bancos permitem que a validação seja feita por biometria nos próprios aplicativos ou até mesmo em caixas eletrônicos.

Uma terceira opção, para aqueles que não puderem ir ao banco por motivo de doença ou dificuldades de locomoção, é fazer a prova de vida por meio de um procurador. Mas, para isso, é preciso que a procuração seja cadastrada no INSS. A prova de vida por procuração também é uma alternativa para beneficiários que moram no exterior.

 

Emenda de Max Russi beneficia 90 municípios com 100 academias ao ar livre.

Academias ao ar livre estão sendo entregues pelo Rotary Club de Mato Grosso em 90 municípios do estado. A liberação de uma emenda parlamentar na ordem de R$ 2 milhões foi articulada pelo presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT), deputado Max Russi (PSB), para que as mais de 100 estruturas fossem instaladas no decorrer dos próximos dias. O parlamentar participou da entrega de uma delas, na última sexta-feira (11), na Praça Vicente de Paulo da Cruz, em Jaciara.

“O governador Mauro Mendes entendeu a importância desse pleito junto ao Rotary e hoje eu estou aqui, muito feliz em poder fazer essa entrega em Jaciara. Um ganho para a cidade, para região”, avalia Max Russi.

O ex-governador do Rotary Club, Washington Calado, acompanhou toda a atuação do presidente do Parlamento nas tratativas para que o aporte financeiro fosse liberado. “Este é um projeto que nasceu na cidade de Cáceres, em 2012, e que foi abraçado pelo deputado Max [Russi] no período em que foi secretário-chefe da Casa Civil. A segunda parte do projeto foi resgatada agora pelo deputado e toda a sua equipe”, explicou.

A atual governadora da entidade, Brígida Maria Fischer, também citou a articulação do deputado para que o governo do Estado desse sequência ao projeto. “A atuação do Max foi fundamental para que todos os municípios sejam sendo beneficiados. O Rotary 4440 está sempre disposto para essas parcerias”, assegurou.

A prefeita Andréia Wagner (PSB) está otimista e garantiu a formatação de diversos projetos, principalmente voltados a atividades com a melhor idade. “Essa academia é um incentivo à saúde e à prática de esportes, além de dar uma cara nova para a praça da nossa cidade”, ressaltou.

 

Neste sábado dia 12 de junho se comemora o Dia dos Namorados, novamente em pandemia, muitas pessoas vão em busca de presentes, mas preferem em locais que já tem que ir por outra razão, como supermercados. A rede Comper de supermercados ampliou o mix de presentes, principalmente  de flores, que a maioria das mulheres gosta muito de ganhar. E para quem prefere a comodidade de comprar o presente sem sair de casa, há também a opção da internet www.deleverycomper.com.br

Orquídeas, azaleia, begônia, tulipa, girassol, lírio, todos com tags românticos, são algumas das opções de flores em que o valor varia de R$2.99 a R$69.99. Há também taças de vinho no valor de R$19.90; petisqueira, secador de canelo, chapinha para cabelos, dentre outros.

Para os amantes de vinho, a adega do Comper esta com opções para todos os gostos e bolsos, como: Gran Livenza, Hereford Malbec, Heroes Resrva Carménere, Forum Roble Torrontés, Condesa de Leganza Rosè, dentre outros.

E para quem prefere fazer um jantarzinho romântico em casa, além dos vinhos o Comper oferece muitos tipos de massas, molhos, azeites, peixes, sobremesas  e nesta data o Comper do CPA II estará  com promoção no seu restaurante Trudy´s de pizzas de fabricação própria com 10% de descontos.

Vale lembrar que a rede Comper segue todos os protocolos de biossegurança para garantir a proteção dos seus clientes e funcionários.

 

 

 

Página 1 de 26