Esporte

Esporte (18)

Segunda, 04 Outubro 2021 05:00

A volta dos cruzeiros marítimos

Para a temporada 2021/2022, que vai de novembro até abril do próximo ano, estão previstos sete navios.

Suspensos no país desde o início da pandemia de covid-19, os cruzeiros marítimos retornarão à costa brasileira em novembro, anunciou no último dia 2 à noite o Ministério do Turismo. Em nota, a pasta informou que uma portaria será assinada nos próximos dias.

Após a publicação da portaria, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) editará uma norma com os protocolos sanitários. As viagens também deverão respeitar as regras das cidades onde os navios atracarem.

Entre os protocolos a serem definidos pela Anvisa, estão a realização de testes antes do embarque em todos os passageiros, vacinação e testagem dos tripulantes, uso de máscaras, distanciamento, ocupação reduzida nos navios, desinfecção e higienização constantes nas embarcações e fornecimento de ar fresco sem recirculação (nos moldes dos filtros especiais dos aviões).

A liberação dos cruzeiros ocorre três semanas depois de a Anvisa ter se posicionado contra a medida. Em 10 de setembro, a agência havia informado que as evidências sanitárias e epidemiológicas ainda não apontavam a retomada dos cruzeiros como ação segura. Naquele momento, não havia previsão de uma nova reavaliação da medida.

Segundo o Ministério do Turismo, a autorização para a temporada de cruzeiros 2021/2022 envolveu a aprovação conjunta de medidas dos Ministérios da Saúde, da Justiça, da Infraestrutura, da Casa Civil e da Presidência da República. A expectativa, informou o governo, é gerar R$ 2,5 bilhões para a economia e criar 35 mil empregos, o que representaria crescimento de 11% em relação à temporada 2019/2020.

Estimativas

Para a temporada de cruzeiros 2021/2022, que vai de novembro até abril do próximo ano, estão previstos sete navios, informou o Ministério do Turismo. As embarcações devem ofertar mais de 566 mil leitos, 35 mil a mais que na temporada 2019/2020, e farão cerca de 130 roteiros e 570 escalas em portos brasileiros. Entre os destinos previstos, estão Rio de Janeiro, Santos, Salvador, Angra dos Reis, Balneário Camboriú, Búzios, Cabo Frio, Fortaleza, Ilha Grande, Ilhabela, Ilhéus, Itajaí, Maceió, Porto Belo, Recife e Ubatuba.

Por meio de um vídeo gravado nos Emirados Árabes Unidos, onde participa da Expo Dubai 2020, o ministro do Turismo, Gilson Machado, comentou a liberação dos cruzeiros.

“A temporada está autorizada pelo governo. O presidente Bolsonaro determinou empenho total para que conseguíssemos liberar, porque os navios geram em torno de 42 mil empregos no Brasil, entre diretos e indiretos. Teremos uma temporada belíssima este ano”, declarou Machado.

 

Dourado entra e Tigre permanece como critério de maior ganhador de títulos do Estado de Mato Grosso.

Com a entrada em vigor da nova medida provisória assinada pelo presidente Jair Bolsonaro (Sem Partido) no último dia 27, que altera o Decreto nº 6.187 da Timemania, abriu mais uma vaga para o time do coração em Mato Grosso, Cuiabá Esporte Clube e Mixto Esporte Clube estarão na lista.

De acordo com as novas regras o Mixto tem vaga garantida mesmo estando na segunda divisão do mato-grossense, por ser o time com maior número de títulos de campeão estadual do Estado. Já o Cuiabá entrará nas apostas por ter participado da Série B, no biênio anterior, e está disputando a Série A.

Com isso Mato Grosso ganha uma nova rivalidade entre os dois times mato-grossenses, agora pela melhor colocação na tabela no Timemania. A quem diga que os mixtenses já preparam as ofensivas para vencer em números de apostas dos torcedores do Cuiabá e continuar se mantendo à frente nas apostas. Os jogos servirão para medir a intensidade da torcida das duas agremiações, e acirrar mais a rivalidade dos dois times.

O Mixto conquistou em sua história 24 campeonatos mato-grossense e o Cuiabá 9, e está na série A do Campeonato Brasileiro e participou em 2019 da série B.

O Mixto emitiu nota sobre matérias veiculadas na imprensa que tiravam o Mixto da Timemania, segue NOTA.

Quanto a notícias incorretas veiculadas excluindo o Mixto da timemania.

O Mixto Esporte Clube, instituição fundada em 20 de maio de 1934, clube maior campeão estadual nas categorias masculino e feminino vem a público esclarecer que;

Com relação a diversas reportagens veiculadas na mídia afirmando que o Cuiabá substituirá o Mixto na Timemania:

A diretoria do Tigre das Vargas informa que tais alegações são inverídicas, o Mixto Esporte Clube preenche requisito de ser maior campeão estadual, exigência essa que já existia e manteve-se retirando o limite de ano até 2006, uma vez que o Decreto apenas atualizou dois artigos, sendo o outro a retirada da limitação até o ano de 2007 para os clubes da série A e B, agora ficando Biênio para quem não tem maior número de campeonatos no Estado.

Mixto permanece na Timemania no próximo ano, como cumpridor do critério de maior ganhador de títulos do Estado de Mato Grosso. (Fonte: LEGISWEB)

Segue decreto que versa sobre o tema: https://www.legisweb.com.br/legislacao/?id=420822 Novo Decreto presidencial Nº 10811 de 27/09/2021

Pres. Dr. Vinicius Falcão

Vice Pres. Dr. Fause Chauchar

 

Quinta, 02 Setembro 2021 05:00

O interesse dos jovens pelo skate

Nova modalidade olímpica tem chamado a atenção dos jovens. Porém, especialista alerta para os cuidados que a atividade radical exige.

Com o sucesso dos skates nas olimpíadas de 2021, sediadas no Japão, onde os atletas brasileiros conquistaram 12 medalhas distribuídas nas modalidades park e street masculina e feminina, aconteceu uma maior procura pela prática do esporte, com isso, aumentou também o número de lesões ortopédicas nos iniciantes.

O presidente da Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia, regional Mato Grosso (SBOT-MT), médico ortopedista Dr. Vitor Spalatti explica que, por ser uma atividade radical a prática exige alguns cuidados. “Em primeiro lugar, é preciso buscar um instrutor profissional e garantir um treinamento adequado, para só então se inserir nesse esporte que vem inspirando uma gama de jovens interessados em aprender sobre a nova modalidade olímpica”, ressalta ele.

Como tudo na vida, é necessário sair da zona de conforto para evoluir, mas que seja de forma gradual e nunca se arriscar demais ou tentar algo fora do alcance de suas habilidades, pois isso pode levar a lesões graves. Mais da metade dos ferimentos envolvem abrasões, contusões e fraturas, acometendo o cotovelo, o punho e o antebraço.

As mais comuns são entorses, que podem ser acompanhados de lesões nos ligamentos, principalmente dos joelhos e tornozelos. Já as fraturas acontecem com maior frequência nos punhos e cotovelos.

Para se prevenir de possíveis acidentes, é recomendado o uso dos equipamentos de proteção como capacetes, cotoveleiras, joelheiras, luvas e tênis apropriados, que são extremamente úteis e evitam a maioria das lesões mais sérias, além de dar conforto, estabilidade e um estilo a mais.

“Utilize skates que sejam regulamentados e não deixe de revisar e ajustar as peças com frequência para manter o equipamento seguro. É importante salientar que como qualquer outro esporte, antes de começar, é bom fazer um aquecimento antes e procurar sempre locais adequados para a atividade”, destaca o ortopedista Dr. Vitor Spalatti.

Em caso de dores, quedas ou lesões, a Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia orienta a busca por um médico ortopedista titular SBOT.

 

O atleta Yago da Silva Conceição, 17, de Cuiabá, participou no último dia 10 de julho juntamente com outros cinco atletas mato-grossenses do Campeonato Brasileiro Sub-15 e Sub-23 de Wrestling – Lutas Olímpicas - na cidade de Itabaiana (SE). Yago, conhecido pelo apelido de ‘Mutante’ foi medalha de ouro no sub-23 do Greco- Romano até 87 kg. Os demais atletas também se destacaram na competição.

 “Fiquei muito feliz com a vitória. Foi uma superação e mais aprendizado. O campeonato tem um nível bem alto, pois é um sub-23, ou seja, é onde tem atletas com mais experiência e mais técnica”, frisou Yago. Sua próxima competição será o Campeonato Brasileiro sub-17. 

O primeiro contato de Yago com a luta Greco-Romana foi na Escola Estadual Governador José Fragelli. “Com 16 anos decidi que era o que eu queria pra minha vida e pra minha carreira”.

O esporte trabalha com força, estratégia e controle mental. Segundo Yago, para ser um profissional tem que ter disciplina, compromisso, treinar bastante e participar de campeonatos para ser destaque. “Considero as  características mais importantes de um atleta a disciplina e a humildade”, avalia ele.

Na Luta Greco-Romana apenas braços e mãos podem golpear o oponente, sempre acima da linha de cintura. O duelo acaba quando um dos lutadores abre oito pontos de vantagem.

“Optei por esse esporte porque desde pequeno eu gosto de luta e o que me motivou é por ele ser olímpico. Minha  inspiração são meus treinadores e minha família”.

De acordo com ele, é muito importante e saudável a prática de esportes na vida dos jovens. “Principalmente pela saúde, bem como a disciplina que agrega a nossa vida. Além de ser uma forma de tirar os jovens das ruas. É um incentivo para não fazerem coisa errada”, conclui.

A Luta Greco-Romana foi um dos esportes disputados na primeira edição dos Jogos Olímpicos, em Atenas 1896.

 

Quarta, 04 Agosto 2021 05:00

“Nossos Heróis Olímpicos”

Exposição virtual apresenta atletas olímpicos brasileiros em cartuns.

A Olimpíada de Tóquio, no Japão, chega ao fim essa semana. Mas as homenagens aos atletas que fizeram história nessa edição olímpica não param. Uma delas é a exposição online Nossos Heróis Olímpicos, que apresenta os atletas brasileiros retratados por diversos cartunistas.

Nesses traços estão representados atletas como a ginasta Rebeca Andrade, medalhista de ouro e de prata em Tóquio; a skatista Rayssa Leal, de apenas 13 anos, que conquistou a prata; e o surfista Ítalo Ferreira, medalhista de ouro. Há também homenagens a outros medalhistas de esportes como o judô e a natação.

As caricaturas e as charges foram feitas por desenhistas como Dálcio Machado, Cau Gomes, Mauricio de Sousa, Nei Lima, Glen Batoca, Bruno Honda, Rodrigo Brum, Synnove Hilkner e Thiago Lucas, dentre outros.

A ideia da exposição é ser uma celebração: uma grande festa do humor gráfico nesses tempos tristes da pandemia. Novos cartuns serão acrescentados ao site https://blog.hqmix.com.br/exposicao/nossos-herois-olimpicos/ conforme os atletas se destaquem nos jogos.

A exposição online foi organizada pelo cartunista e presidente da Associação dos Cartunistas do Brasil, José Alberto Lovetro, mais conhecido como JAL. "O humor gráfico sempre foi uma festa e nossos artistas são os melhores do mundo. Merecem medalha de ouro sempre. Estamos batendo o recorde mundial de sorrisos", disse ele.

 

 

O jovem Antônio Pedro Fernandes Alencastro Martins, 14 anos, conhecido pelo apelido de “Preguiça”, reside em Cuiabá e é natural de Carlinda (MT). O atleta conta nessa entrevista ao Blog da Condessa que iniciou na luta greco-romana ‘acidentalmente’. No último dia 10 participou, juntamente com outros cinco atletas mato-grossenses, do Campeonato Brasileiro Sub-15 e Sub-23 de Wrestling – Lutas Olímpicas - na cidade de Itabaiana (SE). Antônio Pedro conquistou o 1º lugar na sua categoria de 85 kg sendo classificado para o Pan-Americano que será realizado na cidade do México, no mês de outubro onde irá representar Mato Grosso e o Brasil.

Blog da Condessa - Como foi o seu primeiro contato com a luta greco-romana?

 Antônio Pedro - Em 2019 na antiga academia do meu mestre acidentalmente fui ao dia errado do treino do Jiu-Jitsu, com isso meu mestre pediu para eu lutar aquela luta. O pessoal da Arena da Educação estava treinando lá e me juntei a eles, mas não me interessei muito.

Blog da Condessa - Você já tem vitórias, prêmios?

Antônio Pedro- Sim. O Brasileiro de Wrestling 2021, além de outras medalhas em Jiu- Jitsu.

Blog da Condessa - Esse esporte trabalha com força, estratégia e controle mental. Quando um atleta está pronto para ser profissional?

Antônio Pedro-  Eu penso que qualquer atleta pode ser um profissional. Apenas basta ter foco e disciplina, uma meta para chegar aonde ele quer.  Calma e estratégia são essenciais para o desempenho do atleta.

Blog da Condessa - Você participou do Campeonato Brasileiro Wrestling 2021? Qual foi a sua classificação e o que ela representa em nível de próximos campeonatos?

 Antônio Pedro – Sim. Eu fiquei em 1º lugar na minha categoria de 85kg e fui classificado para o Pan-americano no México.

Blog Da Condessa - Por que você optou por esse esporte? O que o motivou?

Antônio Pedro - Sempre tive dificuldade em perder peso. Entrei no Jiu- Jitsu com essa intenção. Meu mestre falou que estava chegando esse Campeonato Wrestling e sugeriu que participasse. Porém, eu estava muito acima do peso, com 97 e a categoria era 85. Com isso ele me motivou e me deu um gatilho. Fiz dieta e comecei a treinar todo o dia. Até que eu conseguir baixar para 83 em menos de três semanas. Eu retomei os treinos há dois meses atrás.

Blog da Condessa - Alguma inspiração em particular?

Antônio Pedro -  Meu mestre Chicão, pois ele sempre acreditou em mim. Quero sempre dar orgulho a ele.

Blog da Condessa - Quando e de que forma você iniciou?

Antônio Pedro - Na luta olímpica com 14, mais já treino artes marciais desde os 7 anos de idade.

Blog da Condessa  - Na sua opinião, qual a importância do esporte na vida dos jovens?

Antônio Pedro - Saúde mental, aprende a ter disciplina, foco e autoconfiança na sua vida.

Blog da Condessa - Quais as próximas competições? Destaque para alguma?

Antônio Pedro – Pan-americano no México.

Blog da Condessa – Você reside e treina em Cuiabá?

Antônio Pedro- Sim, treino na Gracie Barra com o mestre Chicão.

Blog da Condessa - É um esporte não muito lembrado. Você tem alguma observação a respeito do assunto?

Antônio Pedro – Com o tempo ele irá aparecer para novas pessoas. Esse é meu desejo.

 

 

 

A ideia é fortalecer a integração da comunidade local a partir do desenvolvimento das atividades propostas da prática da arte marcial, além de promover o esporte para o surgimento de novos talentos.


O Instituto INCA – Inclusão, Cidadania e Ação está oportunizando crianças, jovens, idosos e Pessoas com Deficiência em situação de vulnerabilidade social, da região Norte do município de Cuiabá, a terem aulas gratuitas no projeto social Kung Fu Wushu. São 100 vagas, sendo 20 destinadas a idosos e PcD’s cadastrados em instituições parceiras, e 80 disponíveis ao público alvo de 6 a 17 anos de idade.  A inscrição começou no último dia 22 e vai até o dia 30 de julho, pelo site do INCA, realizador do projeto.

O projeto social Kung Fu Wushu foi elaborado com o objetivo de oportunizar aulas gratuitas de Kung Fu, nas modalidades Kung Fu Tradicional, Tai Chi, Boxe Chinês, a pessoas de baixa renda familiar e com pouca ou quase nenhuma atividade esportiva, buscando minimizar as diferenças sociais para o maior número de pessoas, além de fomentar o esporte em si e o lazer.

Por meio da prática e do aprendizado esportivo especializado, as crianças ocuparão o tempo ocioso nos períodos em que elas não estariam nas escolas. Já aos idosos e Pessoas com Deficiência, o projeto visa estimular a elevação da autoestima, melhorando a qualidade de vida e da saúde, promovendo a integração, o protagonismo e a autonomia deles. 

A ideia é fortalecer a integração da comunidade local, da grande Morada da Serra, a partir do desenvolvimento das atividades propostas da prática da arte marcial Kung Fu Wushu, Boxe chinês e Tai Chi, onde irão desenvolver competências pessoais, sociais, cognitivas, educativas e motoras. Também trabalho em grupo, vivência em comunidade, cooperação, respeito, entre outros. Além de promover o esporte para o surgimento de novos talentos.
 
O projeto Kung Fu Wushu será realizado pelo Instituto INCA, por meio de recursos federais do Ministério da Cidadania, via emenda parlamentar do deputado federal Dr. Leonardo, com implantação e desenvolvimento no município de Cuiabá. 

As aulas estão previstas para começar no dia 16 de agosto, com quatro turmas para crianças, três vezes por semana, uma turma para PCD e outra para idosos, ambas duas vezes por semana.

A INSCRIÇÃO 

O público alvo do projeto é de 100 beneficiários carentes e em vulnerabilidade social dos Bairros: CPA 4, Jardim Brasil, Dr. Fabio Leite, Altos da Serra, Ouro Fino, Aroeira, Nova Conquista, Primeiro de Março, Novo Paraíso, Três Barras, Jardim Umuarama e Altos Da Glória. Os alunos serão atendidos na Academia CPA Fitness, localizada na Rua Frango D'Água, 05, Bairro Morada da Serra, CPA 4, primeira etapa.

Acesse https://institutoinca.com.br/projetos/projeto-kung-fu-wushu/downloads para se inscrever até o dia 30 de julho. É gratuito! Não se esqueça da declaração de hipossuficência que deve baixar em downloads (no canto esquerdo do assunto Projeto Social Kung Fu Wushu), assinar e enviar scaneada no e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.. Os pais ou responsáveis pelos alunos menores de idade, devem também preencher os dados pessoais no ato da inscrição.

Mais informações nas redes sociais do Instituto INCA. Siga o perfil do Instagram e a página do Facebook. Para dúvidas os contatos são (65) 99925-5842 e (65) 99663-8111. (Fonte: Assessoria)

 Alexander Ortiz conquista o 4º lugar no Campeonato Brasileiro de Jiu-jitsu e garante vaga no mundial.

O atleta e Guarda Municipal de Várzea Grande, Alexander Ortiz, conquistou a quarta colocação no Campeonato Brasileiro de Jiu-jitsu, realizado no último final de semana, em São Paulo, onde participaram esportistas de diversos Estados do país. Esta é a primeira vez que ele participa da competição com a faixa roxa e na categoria peso pesado. A subida ao pódio lhe rendeu a vaga para o mundial deste ano.  

“Essa foi a minha estreia na categoria peso pesado e o quarto lugar já é um bom começo. A partir de agora, sigo com a minha rotina puxada de treinos e exercícios físicos, me preparando para novos desafios. Determinação e amor ao esporte são fatores que nos levam ao sucesso”, comemorou Alexander Ortiz, que fez questão de subir ao pódio com a bandeira de Várzea Grande.

Alexander pratica jiu-jitsu há cinco anos e já conquistou os títulos de bicampeão mundial e campeão brasileiro da sua categoria. O atleta, apaixonado por artes marciais, também é faixa marrom em Aikidô, ambas técnicas japonesas.

O prefeito Kalil Baracat disse que o atleta e Guarda Municipal Alexander Ortiz é orgulho para a gestão municipal que incentiva e apoia todo e qualquer tipo de esporte. “O esporte em nosso município se manifesta em diferentes modalidades e em diferentes espaços, por isso a nossa gestão está focada em realizar políticas públicas que possam contribuir para o fortalecimento deste setor, além de ser uma alternativa na formação humana de adolescentes e jovens”.

Domingo, 20 Junho 2021 05:00

Um resgate histórico do futebol cuiabano

Em um lançamento ao ar livre, o autor José Augusto Tenuta apresenta os volumes 1 e 2 de “Cuyabá: um show de bola”, livros da Coleção História do Futebol Cuiabano, publicados pela Entrelinhas Editora em 2020 e que aguardam há oito meses a sua disponibilização ao público. A nova data de lançamento está marcada para o próximo dia 22, nos jardins do Sesc Arsenal, observando todas as recomendações de prevenção da Covid 19, a partir das 19 horas. “É uma trilogia dos acontecimentos do esporte em Cuiabá. É um resgate histórico do futebol cuiabano que vale a pena chegar ao conhecimento dos amantes do esporte em Mato Grosso”, pontua Tenuta.

O autor passou horas infindáveis debruçado na leitura de jornais antigos, livros e depoimentos de dezenas de pessoas que vivenciaram o futebol em Cuiabá e Mato Grosso, entre eles jogadores, dirigentes, técnicos, jornalistas esportivos e torcedores de diferentes décadas. Como resultado, apresenta sua grande contribuição para o resgate da história esportiva e cultural de Cuiabá e Mato Grosso.

“Agradeço ao deputado Allan Kardec por ter apoiado a publicação destes dois primeiros volumes com uma emenda parlamentar de sua autoria. Esta coleção resulta da contribuição de tantas pessoas, que elaborei uma enorme lista de agradecimentos na introdução dos livros,” conta José Augusto Tenuta, também autor do livro, já esgotado, Cuiabá da tchapa e da cruz: Pó dexá, é só uma michidinha no baú da nossa história. All right? – uma homenagem a Cuiabá ao registrar o cotidiano da cidade no transcorrer do século XX.

O volume 1 da coleção aborda desde as origens do futebol, as sementes do futebol em Cuiabá, a formação da Liga Cuiabana de Futebol até o primeiro estádio e as grandes obras da década de 1940.

O volume 2 da coleção aborda desde o primeiro Campeonato Estadual de Futebol, passando pela construção do Estádio Eurico Gaspar Dutra até o VI Campeonato – e o primeiro torneio de clubes campeões de Mato Grosso.

Sobre as capas dos livros que estão sendo lançados: o volume 1 registra um flagrante do que pode ser o primeiro contato com uma bola de futebol em Cuiabá, no pátio do Colégio Salesiano São Gonçalo, durante a sua construção, já que as primeiras bolas de futebol chegaram a Cuiabá pelas mãos dos Salesianos, em 1905. O volume 2 traz uma bonita foto do time do Mixto, Campeão de 1947.

Para completar, o autor conta que o terceiro volume (que narra de 1962 até 1976) está em processo final de edição e que já começou as pesquisas para escrever o quarto e último volume da sua Coleção, que abarca os anos de 1977 aos dias atuais, ainda sem previsão para finalização.

 Confira a seguir entrevista exclusiva com a diretora de Programas Sociais do Sesc-MT, Cristina Silva.

 Blog da Condessa - Promover a cultura é uma função social das entidades, do setor privado?

 Silva - Com certeza. Promover a cultura é uma função social de todas as instituições – públicas ou privadas e de cada cidadão. Somos todos responsáveis pelo desenvolvimento das pessoas e auxílio às emergências sociais que existem ou se ampliam com eventos como o que está acontecendo agora com a pandemia. O Sesc atua constantemente atendendo a clientela mais vulnerável com ações de assistência como o Mesa Brasil - Rede de banco de alimentos combate à fome e o desperdício, a partir de parcerias, e transforma a vida de crianças, jovens, adultos e idosos em todo o Brasil. Todas as ações ofertadas são eminentemente educativas e tem o objetivo de promover a melhoria na qualidade de vida de sua clientela e da população em geral.

 Blog da Condessa - A Fecomércio tem essa dinâmica social?

 Cristina Silva - Sim. A Fecomércio uni as lideranças do Comércio de Bens, Serviços e Turismo para desenvolver e apoiar o comércio e, através de seus braços sociais – Serviço Social do Comércio (Sesc) e o Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac), instituições que educam para o trabalho e oferecem serviços e atividades para o bem-estar de trabalhadores e da sociedade em geral.

 Blog da Condessa -  Qual a relevância de apoiar a Coleção História do Futebol Cuiabano?

 Cristina Silva - O Sesc atua na sociedade com atendimento integral através de seus cinco programas: Educação, Saúde, Assistência, Lazer e Cultura com ações contínuas que são desenvolvidas com o objetivo de cumprir sua missão de melhorar a qualidade de vida dos trabalhadores. Em seu programa Cultura desenvolve ações culturais que levam arte a todos os públicos e, também promove o fomento, o desenvolvimento e o apoio a ações culturais em todos os segmentos. Apoiar o lançamento de livros é de suma importância para incentivar a escrita e o desenvolvimento de novos autores ou mesmo autores já experientes, além de promover a leitura. 

 Blog da Condessa – Comente, por favor, sobre as capas dos livros.

 Cristina Silva -  O volume 1 registra um flagrante do que pode ser o primeiro contato com uma bola de futebol em Cuiabá, no pátio do Colégio Salesiano São Gonçalo, durante a sua construção, já que as primeiras bolas de futebol chegaram a Cuiabá pelas mãos dos Salesianos, em 1905. O volume 2 traz uma bonita foto do time do Mixto, Campeão de 1947.

 

 

 

Esportistas do projeto Olimpus são maioria na delegação mato-grossense classificada para Troféu Brasil de Atletismo. Competição nacional começa nesta quinta-feira (10.06)  e pode selecionar atletas para as Olímpiadas de Tóquio-2021.

Importante política pública esportiva, o projeto Olimpus segue propiciando oportunidades e conquistas ao esporte do estado. Na delegação mato-grossense classificada para o Troféu Brasil de Caixa de Atletismo, a maioria dos esportistas recebem o bolsa-atleta mensal do Governo de Mato Grosso, por meio da Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer (Secel-MT).

O Troféu Brasil de Atletismo, que começa nesta quinta-feira (10.06) e prossegue até domingo (13.06), em São Paulo, é mais uma oportunidade para os brasileiros tentarem os índices olímpicos para os Jogos de Tóquio-2021. Serão 24 atletas representando Mato Grosso na competição, sendo que 16 deles são beneficiados pelo projeto Olimpus.  

Dentre os destaques estão as atletas Arielly Kailayne, de Rondonópolis; Lissandra Maysa, de Cuiabá; Isabelle de Almeida e Nerislélia dos Santos, de Sorriso; Jânio Marcos, Peterson Ribeiro e Francielly Marcondes, de Barra do Garças. Os sete esportistas são beneficiados nas categorias Nacional e Nacional Elite do projeto Olimpus e disputam em provas diversas do atletismo, como salto em altura, salto em distância, salto triplo, 800 e 5000 metros.

Composta por atletas de Araputanga, Cuiabá, Barra do Garças, Pontes e Lacerda, Rondonópolis, Sorriso e Várzea Grande, a delegação mato-grossense também conta com o apoio do Estado na viagem até o local da competição. 

“Conseguimos ajudar também os atletas classificados para o Troféu Brasil que não tinham condições de comprar as passagens. Além do auxílio com o bolsa-atleta para muitos esportistas, nosso objetivo é usar as políticas públicas para incentivar e fortalecer o esporte do estado”, destaca Jefferson Carvalho Neves, secretário adjunto de Esporte e Lazer da Secel.

Considerada a principal competição interclubes da América Latina, o Troféu Brasil de Atletismo 2021 reúne 770 participantes de 130 equipes de todo o país. O evento acontece sem a presença de público no Centro Olímpico de Treinamento e Pesquisa, na Vila Clementino, em São Paulo.

As disputas podem ser acompanhadas pelo canal atletismo da TVNSports https://canalatletismo.tvnsports.com.br/, de forma gratuita. 

Convocação para Sul-Americano 

Cinco atletas de Mato Grosso classificados para o Troféu Brasil de Atletismo já embarcaram  para São Paulo levando na bagagem mais uma conquista. Arielly Kailayne, Francielly Marcondes, Lissandra Maysa , Jânio Marcos Varjão e Peterson Ribeiro foram convocados para a seleção brasileira que vai disputar o Sul-Americano de Atletismo sub-20.  

A convocação foi feita pela Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt) nessa terça-feira (08.06). Os bolsistas do Projeto Olimpus representam o país na competição que acontece nos dias 9 e 10 de julho, em Lima, no Peru. 

“É muito gratificante ver que o esporte de Mato Grosso está em alta e com chances de alcançar ainda mais reconhecimentos. Isso mostra que estamos no caminho certo ao retomar e ampliar o projeto Olimpus, os resultados já estão sendo colhidos”, comemora o titular da Secel, Alberto Machado, o Beto Dois a Um.

 

 

Página 1 de 2