Blog da Condessa

Blog da Condessa

Domingo, 17 Outubro 2021 05:00

‘Suor e Melanina’

Rapper mato-grossense Pacha Ana lança EP com músicas sobre resgate, ancestralidade e amor

Rapper, cantora, poeta e compositora, Pacha Ana dá mais um importante passo em sua carreira. O talento da artista mato-grossense pode ser conferido em seu novo projeto, o EP Suor e Melanina, que está disponível no YouTube e em todos os principais serviços de streaming de música.

Contemplado no edital MT Nascentes da Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer (Secel-MT), o álbum conta com sete faixas de músicas que abordam o amor e o afeto sob perspectiva da comunidade negra, lgbtqi+ e periférica. 

A criação do projeto veio da inspiração da artista para se renovar, para sair da zona de denúncia e afrontamento e partir para novas formas de discutir sobre a comunidade negra e suas subjetividades. Com a ideia de que amor também é uma forma de luta, Pacha Ana acredita que é um tema de suma importância à discussão racial e criação de identidade e comunidade para o povo preto.

“Suor e Melanina é dar continuidade sobre o que a gente já fazia, que eu acho que a gente perdeu no meio do caminho. Quando falo isso, também falo pra mim, não me tiro dessa, eu me coloco nessa também da perda. Falo pra mim, pros meus, pros nossos, para aqueles que ainda não sabem que são dos nossos, e pra quem se permite ouvir, é sobre afeto, resgate, ancestralidade e amor também”.

O disco teve sua produção assinada pelo beatmaker e produtor Vibox, de São Paulo, que tem conquistado grande espaço e reconhecimento na cena do rap nacional. A mixagem foi executada pelo produtor Eazy CDA e a masterização por DJ Spider, do studio ProBeats, ambos de Belo Horizonte. O lançamento e distribuição do álbum ficou a cargo da Colmeia 22 - produtora de música afrofuturista e etnopop.

Pacha Ana ainda contou com a parceria dos profissionais de Mato Grosso, Ahgave e Maria Reis, na produção da identidade visual, que inclui a capa do álbum e produção de figurinos e stylist da cantora. Ligado diretamente à intenção de reformulação da artista, o conceito visual do EP traz elementos que remetem ao renascimento.

O EP, que foi lançado nacionalmente no dia 07 de outubro, está disponível nas plataformas digitais Spotify, Deezer e Google Play. O videoclipe de uma das faixas do álbum, o single ‘Orgulho’, pode ser visto no YouTube.

 

Os recursos oriundos das indicações dos contribuintes sorteados no  Nota MT têm ajudado essas entidades a custearem despesas importantes para a manutenção das suas atividades

O Programa Nota MT, coordenado pela Secretaria de Estado de Fazenda, beneficiou no sorteio mensal de setembro mais 146 entidades filantrópicas de 53 municípios. Elas foram indicadas pelos 1.005 consumidores sorteados e, juntas, vão receber R$ 110 mil. O valor corresponde a 20% dos prêmios de R$ 10 mil e R$ 550 distribuídos no último dia 14.

Os sorteados com os cinco prêmios de R$ 10 mil indicaram as seguintes instituições sociais: Associação de Amigos da Criança com Câncer de Mato Grosso, de Cuiabá, que foi escolhida por duas pessoas; Rede Feminina de Combate ao Câncer de Mato Grosso, de Cuiabá; Associação de Paes e Amigos dos Excepcionais de Cuiabá – APAE; e Associação Protetora dos Animais do Município de Sinop.

Dos 1.005 consumidores contemplados, 182 indicaram a Associação de Amigos da Criança com Câncer de Mato Grosso (AACC) e 90 escolheram o Hospital de Câncer de Mato Grosso. Com isso, essas entidades vão receber R$ 22 mil e R$ 9 mil, respectivamente.

Além dessas instituições filantrópicas, a Associação Protetora dos Animais do Município de Sinop foi outra entidade escolhida pelos sorteados, com 21 indicações, e será beneficiada com R$ 4 mil. A APAE de Sorriso e a Rede Feminina de Combate ao Câncer também se destacam pela quantidade de indicações e vão receber valores de R$ 3.100 e R$ 3.600.

É importante ressaltar que o os recursos oriundos das indicações dos contribuintes sorteados no Nota MT têm ajudado essas entidades a custearem despesas importantes para a manutenção das suas atividades. Isso porque essas instituições não possuem fins lucrativos e se mantém por meio de doações e arrecadações provenientes de eventos, que foram reduzidos devido a pandemia do novo coronavírus – Covid-19.

Desde o lançamento do Nota MT, em 2019, já foram repassados às entidades sociais o montante de R$ 3.108.000,00. Para participar do Programa e ser indicada pelo consumidor a instituição deve estar cadastrada junto à Secretaria de Assistência Social e Cidadania (Setasc). Esse cadastro também permite acesso a outros projetos, programas do governo, doação de produtos, entre outros.

Doe Sua Nota

Além dos 20% referentes aos prêmios sorteados, as entidades sociais contam com uma nova forma de receber recursos provenientes do Nota MT. Com o Doe Sua Nota, o cidadão pode doar as notas fiscais (NFC-e) das suas compras para aquelas instituições cadastradas no Programa Nota MT, desde que o documento fiscal não tenha a informação do CPF do consumidor e seja de valor inferior a R$ 1.000.

O Doe Sua Nota foi disponibilizado no início do mês de outubro e cada nota fiscal doada vai gerar pontos para as entidades que serão convertidos em valores em dinheiro. Ao todo, serão distribuídos R$ 2 milhões por ano.

As notas fiscais poderão ser doadas de duas formas: eletronicamente no aplicativo ou site do Nota MT, ou pessoalmente em urnas que serão disponibilizadas nos estabelecimentos comerciais. Cada entidade será responsável pelos pontos de coleta, assim como por computar os documentos fiscais doados.

 

 

Empresária investe no mercado da beleza e inaugura na cidade nova unidade da Fast Escova com espaço kids.

Driblando a crise, empresária aquece o mercado de Várzea Grande e traz para Mato Grosso franquia nacional express e promete inovar no segmento. Apaixonada pelo setor de beleza, a empreendedora Jahnny de Alencar Gahyva Martins, decidiu investir  em uma franquia nacional, a rede Fast Escova, especializada em escovas, maquiagens e tranças. O empreendimento, para além da proposta diferenciada de atendimento, já que é express, vai gerar emprego e renda para pelo menos 20 famílias da cidade industrial onde a nova unidade será instalada.

A empresária  destaca que optou pela  marca justamente pela  praticidade  que a empresa oferece, já que após estudo verificou a demanda da cidade de Várzea Grande por um espaço onde as mulheres podem desfrutar de um ambiente com ótimo padrão, com  preço justo aliado a mão de obra especializada e produtos de alta qualidade.

O espaço contará com a Fast Escovinha, pensado no atendimento de crianças e adolescentes, num ambiente adequado onde as  mamães poderão oferecer um mundo kids de lazer e embelezamento. 

“A Fast Escova não é um salão convencional, ela é a Fast Escova, preconizando uma relação conectada às necessidades da mulher moderna, aliando transparência, sem surpresa no preço final e sem hora marcada. A empresária reforça ainda, que o mercado da beleza é um dos que mais cresce, porque as mulheres estão cada vez mais exigentes e adoram ter à disposição um serviço que valoriza o tempo, descomplica o cotidiano e as deixa lindas”, observou.

A Fast Escova será inaugurada no próximo dia 21 de outubro, na Avenida Arthur Bernades, 987- Ipase. Além dos serviços citados acima, a franquia oferece outros com o mesmo conceito fast para dar um up no visual como hidratações, Fast Pontas, Super Fast Escova, tratamento com Ledterapia, que previne a queda de cabelo e estimula o crescimento dos fios e recentemente, foi lançado o polivitamínico Fast Care, um concentrado para o cabelo, que cuida de dentro para fora, deixando os fios mais bonitos e resistentes.

 

A Unimed Cuiabá criou o Programa de Economia e Sustentabilidade –ProEco.

Consumir de forma sustentável é pensar no impacto que cada escolha traz ao meio ambiente, sociedade e até às finanças. Pensando nisso, a Unimed Cuiabá, por meio do setor de Sustentabilidade, criou o Programa de Economia e Sustentabilidade (ProEco), no âmbito da Cooperativa que busca a conscientização e adesão a boas práticas de consumo.

No mês de outubro o foco do programa é o consumo sustentável, celebrado no dia 15. Entre as ações já realizadas que impactam no consumo estão a sensibilização de clientes, colaboradores e cooperados a preservação do meio ambiente, economia da água, combate à poluição e ao reflorestamento. A Singular Cuiabana realiza ainda coleta seletiva, reaproveitamento de papel, campanha interna para evitar impressões desnecessárias, economia de energia e água.

Aderir ao consumo consciente requer um olhar mais atento à origem dos produtos e serviços que consumimos. “O consumo consciente se trata da soma de pequenas atitudes”, ressalta a diretora administrativo financeiro da Unimed Cuiabá, dra. Suzana Palma.

A médica reforça ainda que a ação sempre parte do objetivo de causar o menor impacto negativo possível no meio ambiente e na qualidade de vida. “Na prática o consumo sustentável engloba o planejamento das compras, seu propósito e motivação e isso se estende a tudo: móveis, roupas, calçados, bolsas. Além da reutilização de embalagens, descarte de materiais eletrônicos evitando que ele seja feito com outros tipos de lixo, economia de energia, ao desligar a luz dos ambientes e evitar banhos demorados”, explica.

Para quem deseja aderir a esse importante conceito de vida, preparamos nove dicas simples para começar hoje mesmo.

 Lista de compras: Elas facilitam a ida ao mercado, além de ajudar a organizar melhor o orçamento e a ir diretamente até os produtos que são realmente necessários.

  1. Lista de compras: Elas facilitam a ida ao mercado, além de ajudar a organizar melhor o orçamento e a ir diretamente até os produtos que são realmente necessários.
  2. Reaproveite e recicle: Alimentos, potes, caixas de leite e outros itens podem virar porta joias, bolsas e porta objetos. Para isso use a imaginação e até uma ajudinha da internet vale. Pesquise e veja quanta coisa é possível.
  3. Valorize as empresas com responsabilidade social: Diversas empresas já possuem ações que visam a redução do impacto no meio ambiente. São organizações que trabalham com madeira e fazem o reflorestamento; indústrias de cosméticos que não testam os produtos em animais; fábricas que produzem por meio de técnicas antipoluição e muitas outras. Valorizá-las é também uma maneira de fazer um consumo consciente.
  4. Opte por eletrodomésticos econômicos: O Programa Nacional de Conservação de Energia é resultado da parceria entre o Inmetro e o Ministério de Minas e Energia. Eles disponibilizam o Selo Procel, que identifica os aparelhos que consomem menos energia. Além de reduzir os impactos causados no meio ambiente, eles também ajudam a economizar na conta de luz. Na hora de comprar procure sempre optar por eletrodomésticos econômicos, que atendam às suas necessidades do dia a dia e que permitam, ao mesmo tempo, uma boa economia de dinheiro.
  5. Utilize a tecnologia a seu favor: Manter as finanças em dia é possível, sem acúmulo de papel. Para isso utilize  eu aplicativo bancário e sempre que possível opte por receber boletos eletrônicos. Evite o uso de papel e o planeta agradece.
  6. Reduza o consumo de água e energia: Atitudes simples podem trazer redução no consumo que impactam nas contas. Ações como se lembrar de tirar do congelador os alimentos antes de prepará-los e evitar utilizar o microondas é uma das formas de evitar o uso desnecessário do equipamento. Regule o termostato da geladeira em épocas mais frias e ajustar o ar-condicionado com timer programado para que ele desligue sozinho um tempo depois.
  7. Evite excessos: Sempre que ver uma promoção, analise se o produto realmente terá uma utilidade no seu dia a dia e evite compras desnecessárias. 
  8. Faça doações: Tire um tempo para organizar as suas coisas. Separe roupas, sapatos, utensílios de cozinha e até objetos que você não usa mais e faça doações.
  9. Espalhe a ideia de consumo consciente: Além de tomar atitudes corretas para ter um consumo consciente, é importante espalhar estas ideias. Converse com seus amigos e familiares sobre as atitudes deles em relação ao próprio consumo cotidiano.

Isso é importante para que cada vez mais pessoas reflitam sobre o assunto e assim tomem atitudes que serão positivas para si mesmas e para os demais. Nunca se esqueça que somente com bons hábitos no dia a dia e uma noção correta da importância do consumo consciente será possível ter sobra de dinheiro no final do mês.

Uma forma de começar a divulgar o consumo consciente é compartilhar esse material nas redes sociais. Faça isso agora mesmo e espalhe essa ideia!

Participação do mestre Joãozinho do Cavaco.

O projeto 'Arte no Beco' será realizado  nesta sexta-feira (15) e terá a apresentação da orquestra 'Ouro Cuiabá'. A ação contará com a participação do mestre Joãozinho do Cavaco e corpo musical e ainda com a presença da cantora Ju Baiana  e Quinteto Ouro.  As atividades são realizadas pela Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer e a entrada é  franca, respeitando as medidas de biossegurança para evitar a disseminação da Covid-19. 

"Será um evento de orquestra jovem  do gênero popular  brasileiro.  O corpo musical possui 40 integrantes e é a primeira apresentação  no Beco. Após essa apresentação, teremos outros músicos da noite cuiabana tocando as melhores canções, tanto de músicas regionais como as eruditas. O objetivo do projeto é mostrar para a população  a nossa cultura, o  rasqueado cantado de outras formas" comentou Joãozinho do Cavaco.  

A Prefeitura tem uma programação fixa de atividades no Beco do Candeeiro e também deixando espaço para inovações toda semana. "É um local que agora faz parte da cultura cuiabana, e nos eventos do Beco, queremos incentivar a população a participar mais  e conhecer ainda mais a nossa cultura. temos muitas coisas a ser exploradas e aqui no Beco teremos a oportunidade de mostrarmos para quem vem de fora e para a nossa gente, o que temos de bonito, charmoso e encantador. O prefeito Emanuel Pinheiro, deu uma missão, que é levar cultura para todos, principalmente para aqueles que moram distante da região central, com eventos gratuitos e com segurança", concluiu a secretária de Cultura, Carlina Jacob. 

SERVIÇO:

O que: Apresentação  musical no Beco do Candeeiro

Quando: sexta-feira (15), a partir das 20h

Onde: Beco do Candeeiro, Centro Histórico de Cuiabá

 

Maestro Carlos Taubaté é responsável pela coordenação do Coral Municipal de Cuiabá que retoma atividades e abre inscrições.

As inscrições para participar da temporada 2021/2022 do Coral Municipal de Cuiabá vão até 22 de outubro.  No mesmo dia ocorre a audição na Secretaria Municipal de Cultura, Esporte e Turismo das 14 às 18 horas. Conforme o maestro Carlos Taubaté, responsável pela coordenação do Coral, os ensaios iniciam a partir do dia 27 de outubro - às quartas e sextas-feiras - das 19h30 às 21h, no Museu da Imagem e do Som (Misc). “A única exigência para participar da audição é ser maior de 18 anos e ter alguma experiência em canto, seja coral ou solista”, observou o maestro.

O número de vagas é ilimitado. Depende da qualidade dos candidatos inscritos. “A expectativa é muito grande. Mantivemos durante a pandemia um grupo no WhatsApp para manter viva a chama . As pessoas estão felicíssimas em poder voltar a cantar e acredito que o público  também diante do retorno do encantamento dos espetáculos”, disse Taubaté.

Na sequência, a diversidade do repertório. O grupo vai explorar canções mato-grossenses e populares. As aulas vão seguir as medidas de biossegurança em decorrência da pandemia de Covid-19. Segundo o maestro, com ênfase na música regional. “Acho que é legítimo valorizar a cultural local”.

De acordo com maestro Taubaté, um dos trunfos da nossa metodologia de trabalho não é apenas desenvolver repertório. “Eu procuro fazer sempre uma contextualização de todo entorno, histórico, estético,  cruzamento com outras artes, uma interpretação, uma análise do poema propriamente”, frisou.

O maestro Carlos Taubaté está à frente do coral aproximadamente há seis anos. “Já o coral existe a 30 e poucos anos, porém inativo por um longo período. Foi realmente um recomeço e o crescimento notório”.

O maestro acredita que o progresso do canto passa antes pelo desenvolvimento auditivo. “Para aprender a cantar é preciso antes aprender a ouvir. Nossa ação é nessa linha que faz com que os cantores desenvolvam melhor e mais rapidamente o canto, mas que passem também a ter autonomia e que não fiquem completamente dependentes do regente. Isso é algo muito interessante na performance musical”, conclui o regente.

Mais informações pelo telefone (65) 98426 2252. 

 

 

 

Escolas de samba desfilarão nos dias 27 e 28 de fevereiro.

 A venda de ingressos para o primeiro desfile das escolas de samba do Rio de Janeiro desde o início da pandemia de covid-19 foi aberta hoje (14). Os valores variam de R$ 115 para cadeiras numeradas no setor 12 (dispersão) a R$ 500 para arquibancada numerada no setor 9 (meio do Sambódromo).

O carnaval do ano que vem será nos dias 26 (sábado), 27 (domingo), 28 de fevereiro (segunda-feira) e 1º de março (terça-feira).

Os desfiles do grupo especial estão marcados para os dias 27 (domingo) e 28 de fevereiro. Também é possível garantir vaga no desfile das campeãs, que será no dia 5 de março, sábado. Os ingressos estão sendo vendidos pela internet.

Desfiles

Os bilhetes para os desfiles de domingo valem da noite do dia 27 até a madrugada do dia 28. Nesse primeiro dia, passam pela Marquês de Sapucaí as escolas de samba Imperatriz Leopoldinense, Estação Primeira de Mangueira, Acadêmicos do Salgueiro, São Clemente, Unidos do Viradouro, Beija-Flor de Nilópolis.

Já os ingressos para a segunda-feira valem da noite do dia 28 até a madrugada do dia 1º.  Para esse dia, estão previstos os desfiles de Paraíso do Tuiuti, Portela, Mocidade Independente de Padre Miguel, Unidos da Tijuca, Acadêmicos do Grande Rio, Unidos de Vila Isabel.

 

Sexta, 15 Outubro 2021 05:00

"Muxirum dos Saberes”

Oficinas em Mata Cavalo garantem preservação e transmissão de saberes quilombolas, bem como geração de renda para a comunidade. 

Para preservar as tradições e a construção da identidade quilombola, moradores do complexo do Quilombo Mata Cavalo, que fica no município de Nossa Senhora do Livramento, a 42 km de Cuiabá, participam de um ciclo de oficinas que movimenta a comunidade desde o início de setembro e prossegue até novembro. 

Selecionado no edital MT Nascentes da Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer (Secel-MT), o projeto "Muxirum dos Saberes Tradicionais das Mulheres Quilombolas do Mata Cavalo de Cima" oferece cursos que visam a transmissão dos saberes e fazeres quilombolas, bem como geração de renda para a comunidade. 

Todos os cursos são gratuitos, ministrados por membros da própria comunidade, utilizam materiais do bioma local (cerrado e pantanal) e buscam ensinar e incentivar o uso de produtos das culturas mato-grossense e afrodescendente. Na oficina de corte e costura, por exemplo, os participantes aprenderam a confeccionar vestimentas e turbantes afros; e a de musicalização utiliza a viola de cocho e o ganzá como instrumentos de aprendizado. 

Além de repassar e salvaguardar os modos de viver, trabalhar, preparar os alimentos, de rezar, de cantar e dançar, as atividades valorizam os produtos agroecológicos e naturais, no viés do consumo consciente.  

De acordo com Zulmira Maria Lucio, presidente da Associação de Mulheres Quilombola da Comunidade de Mata Cavalo de Cima, o projeto conta com a participação de moradores de todas as idades.

“Atendemos toda a faixa etária das comunidades em Mata Cavalo, gerando trabalho, renda e valorização da cultura local. Aprender a arte desses ofícios é fundamental para valorizar e enaltecer as tradições quilombolas. E, com esse incentivo, os participantes ganham ainda oportunidades profissionais e condições para garantir a permanência no quilombo”, comenta Zulmira.

Atividades

Nesta semana, até domingo (17.10), os moradores participam da oficina de peças e acessórios de barro. Nas semanas anteriores, foram ofertadas as oficinas de capoeira, de doce caseiro, de produção de óleo de mamona e babaçu, de artesanato com folha de babaçu e de corte e costura. Os próximos cursos são de musicalização, bijouteria, de siriri, de ervas medicinais e rezas. 

O encerramento do projeto ocorre no dia 20 de novembro, dia da Consciência Negra, com exposição dos produtos confeccionados e palestras sobre o universo afrodescendente, os desafios da comunidade e prevenção em saúde negra quilombola. 

Confira toda a programação oferecida pelo projeto:

18/09: Oficina de capoeira; Oficina de doce caseiro

25/09: Oficina de Produção de óleo de mamona e babaçu

02 e 03/10: Oficina de artesanato com folha de babaçu

04 a 08/10: Oficina de corte e costura

13 a 17/10: Oficina de Peças e acessórios de barro

23 e 24/10: Oficina de Musicalização da Viola de Cocho e Ganzá

26 e 27/10: Oficina de bijouteria 

30 e 31/10: Oficina de dança de siriri e de teatro 

06 e 07/11: Oficina de Ervas medicinais e rezas

20/11: Encerramento com exposição dos produtos 

 

 

Duas pessoas de Várzea Grande, uma de Cuiabá, uma de Sinop e uma de Sorriso ganharam prêmio de R$ 10 mil.

O Programa Nota MT da Secretaria de Fazenda fez a alegria de mais 1.005 consumidores (1.003 de Mato Grosso e 02 de outros Estados). Eles foram contemplados na manhã quinta-feira (14.10), no 13º sorteio deste ano. Um fato raro ocorreu nesta premiação: nenhum contribuinte foi contemplado mais de uma vez. O sorteio distribuiu R$ 550.000,00, sendo mil prêmios de R$ 500 e cinco de R$ 10 mil.  

Foram contemplados com os prêmios de R$ 10 mil: Aparecido Alves da Silva e Salete Flores de Assis, de Várzea Grande; Regina Bueno Marques, de Sinop; Germano Gomes Passos Jr, de Cuiabá e Simone Spenassatto, de Sorriso.

Eles indicaram como instituições sociais que receberão 20% do prêmio a Associação de Amigos da Criança com Câncer de Mato Grosso, de Cuiabá (duas vezes); Rede Feminina de Combate ao Câncer de Mato Grosso, de Cuiabá; Associação de Paes e Amigos dos Excepcionais de Cuiabá- APAE, e Associação Protetora dos Animais do Município de Sinop. Ao todo 146 entidades foram indicadas pelos sorteados.

O secretário adjunto de Administração Fazendária, Kleber Geraldino dos Santos, que coordenou o sorteio, considera o programa muito positivo pelo retorno que ele tem dado. E vê possibilidade de um crescimento ainda maior. “Nós temos um retorno positivo para a Sefaz em termos de arrecadação e para a sociedade em geral, já que mais de 24 mil contribuintes foram sorteados e 194 entidades sociais foram beneficiadas com 20 por cento do valor dos prêmios distribuídos.

Participaram 303.978 contribuintes cadastrados no programa e que solicitaram o CPF na nota em documentos fiscais emitidos entre os dias 1º a 30 de setembro deste ano, gerando 1.846.395 bilhetes.

As cinco cidades com maior número de premiados foram Cuiabá com 349, Sinop (97), Várzea Grande 83), Rondonópolis (62) e Cáceres (47). Os dois premiados de outros Estados são de Aparecida de Goiânia (GO) e Campo Erê (SC).

O resultado do sorteio está publicado no site e aplicativo do Nota MT, e nas redes sociais da Sefaz @sefazmt no Instagram e @sefazmatogrosso no Facebook.


Empaer organiza congressos nacionais de floricultura e cultura de tecidos de plantas.

A Empresa Mato-grossense de Pesquisa, Assistência e Extensão Rural (Empaer), junto com a Faculdade de Agronegócios de Holambra (FAAGROH), Faculdade das Flores, organizam dois importantes eventos, entre os dias 19 e 22 de outubro, o 23º Congresso Brasileiro de Floricultura e Plantas Ornamentais (CBFPO) e o 10º Congresso Brasileiro de Cultura de Tecidos de Plantas (CBCTP).

Os congressos ocorrem na modalidade online e a abertura no dia 19, às 8h30, contará com a participação do presidente da Empaer, Renaldo Loff, representando a FAAGROH, a doutora Cinara Libéria, além dos responsáveis pela promoção do evento, os doutores Ana Ledo, da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), e Petterson Baptista, da Universidade do Estado de Mato Grosso (Unemat).

Na presidência e na secretaria do 10º CBCTP estão as pesquisadoras da Empaer, doutoras Dalilhia Santos e Danielle Müller, ambas especialistas na área. Elas destacam a importância dos dois eventos por estarem conectados e por trazerem temas atuais por meio da participação de palestrantes que são referências no país. “Os dois congressos permitem unir os esforços da ciência e do setor produtivo, visando a evolução de ambas as áreas”, frisam.

As especialistas apontaram ainda a participação dos agricultores do ramo, estudantes e de quem estiver interessado em conhecer esse nicho de mercado que vem crescendo a cada dia. Elas convidam técnicos, produtores, empresários, pesquisadores e docentes vinculados ao setor de floricultura, paisagismo e propagação de plantas in vitro, além das principais empresas do setor, a participarem do evento, pois terão a oportunidade de conhecer as novidades de ambas as áreas. Por ser na modalidade online, as inscrições podem ser realizadas até na véspera da abertura do evento.

A Empaer possui um laboratório de Cultura de Tecidos de Plantas no Centro de Pesquisa de Várzea Grande e trabalha com a produção de mudas e flores de plantas tropicais no Campo Experimental em Acorizal.

Serviço

23º Congresso Brasileiro de Floricultura e Plantas Ornamentais (CBFPO) e o 10º Congresso Brasileiro de Cultura de Tecidos de Plantas (CBCTP)

Quando: 19 a 22 de outubro

Modalidade: online

Mais informações pelo https://cbflorcultec2021.com.br/

Página 1 de 166